sexta-feira, junho 09, 2006

Show de bolão

Nestes tempos internéticos de hoje as coisas são bem diferentes mesmo. Eu me lembro na Copa de 1998 por exemplo, para se fazer o bolão da Copa, meu amigo Rui andando pra lá e pra cá com tabelas, fazendo contas, cobrando o pessoal... um trampo e tanto.

Hoje está tudo mais fácil, é só cadastrar a galera em um bolão da internet e os cálculos já são feitos no próprio site. Só neste ano estou participando do bolão da VW, da ESPN, da adidas, da "turma do Cassio" e do escritório, concorrendo a carros, laptops e etc. - e esperando tirar um sarro dos outros, é lógico. E até eu que estou do outro lado do mundo, consigo participar com a turma lá no Brasil.

Mas, preenchendo os palpites dos bolões é que sempre me deparo com a difícil questão: colocar vitória do Brasil, que nem a torcida do Flamengo inteira, ou colocar alguma zebra para tentar ganhar sozinho? Bom, nunca ganhei nenhum bolão então não sei a resposta correta.

Só sei que neste ano sapequei Portugal na cabeça, ora pois. Vamos a veire o que dá, ó pá. Antes que alguém me crucifique, pelos menos é melhor que o Afonsão que botou Argentina campeã contra o Brasil na final. Que espírito de porco!

E, gritando como a torcida de Portugal na Eurocopa 2004:
Um, dois, três, Felipão é purtuguês!

2 comentários:

Afonso (São Paulino!) disse...

Pô Erick, espirito de porco não! Nem palmeirense eu sou... Xinga mas não ofende!
Abraços.

Erick disse...

Bom Afonso, acho que nem palmeirense nem sãopaulino... Torcendo pra Ar-ren-ti-na desse jeito você tá parecendo corintiano!!